APN – Associação Pedagógica Novalis

Reconhecida como uma “Entidade de Utilidade Pública” pela Prefeitura Municipal de Piracicaba, em junho de 2017, a Associação Pedagógica Novalis, mantenedora da Escola Waldorf Novalis, segue desempenhando um importante papel social na educação desde o início de suas atividades, no ano 2000.

Em 1998, a Secretaria da Ação Cultural de Piracicaba trouxe a orquestra da Escola Waldorf Rudolf Steiner de São Paulo para uma apresentação em Piracicaba. Esse acontecimento serviu como impulso para que as pessoas interessadas na Pedagogia Waldorf fundassem um grupo de estudos, que começou suas atividades em agosto de deste mesmo ano, tendo como meta a fundação de uma associação sem fins lucrativos, com o objetivo de trazer uma Escola Waldorf para Piracicaba.  Esta iniciativa tomou corpo através de reuniões de estudos e palestras para divulgação da Pedagogia Waldorf, vivências da Pedagogia com as crianças e atividades para arrecadação de fundos, a fim de tornar a escola viável.
Neste caminho, em novembro de 1999, foi fundada uma Associação sem fins lucrativos, que no ano de 2000, deu vida ao “Jardim de Infância Alecrim”, o primeiro Jardim de Infância Waldorf de Piracicaba que, por 14 anos, realizou a prática diária e ajudou a divulgar a Pedagogia Waldorf na cidade e região.

Em 2002 a Associação recebeu uma doação de um terreno de 10.000 m2 no bairro Monte Alegre, e deu-se início, então, ao desenvolvimento do projeto arquitetônico das primeiras salas e a busca de recursos para as obras, que vieram através de muitas doações e trabalhos voluntários.
As obras iniciaram-se em 2003 e a escola foi “batizada” como “Escola Waldorf Novalis”, nome escolhido pela pessoa e obra de Novalis (Friederich Von Hardenberg), poeta e filósofo alemão que viveu no século XVIII, que se tornou assim o patrono da escola de Piracicaba, que abriu suas portas em 2004, com 12 crianças no primeiro ano do Ensino Fundamental.

E assim, a Escola Waldorf Novalis seguiu crescendo, ano a ano construindo e abrindo novas salas até o 9º ano do Ensino Fundamental. Contando hoje com 280 alunos matriculados, a partir de 2019, passará a oferecer o 10º ano, dando início à implementação também do Ensino Médio.

Com uma gestão baseada nos princípios da “Trimembração do Organismo Social”, proposta por Rudolf Steiner, a administração da escola é feita de forma participativa, contando com a colaboração dos associados, das famílias, dos professores e demais funcionários, em um sistema de Comissões de Trabalho. O envolvimento das famílias faz parte do processo educativo das crianças, que muito aprendem através do empenho e do exercício social que permeia a escola. Desde o início de sua história, as demandas de estrutura física vêm sendo atendidas através da movimentação de pais e associados, com trabalho voluntário e na busca de parceiros para os recursos necessários, a fim de oferecer as melhores condições de ensino e formação de crianças e jovens.

A APN busca atuar também além dos portões da escola! Realiza, através da escola, importantes ações sociais na cidade de Piracicaba, promovendo palestras, cursos, trabalhos sociais e ações culturais, além de ter um grande comprometimento com a inclusão de alunos com necessidades especiais. Baseado no princípio da Fraternidade Econômica, um amplo sistema de gestão financeira é realizado de forma participativa com os associados e a comunidade escolar, visa contribuir para que toda criança possa ser educada dentro da Pedagogia Waldorf!

“Comunidade tem esse calor do sol, tem a tempestade que precisa ter, o ventinho, a brisa, a chuva, e, claro, pode haver tempestades … mas também pode ser um chuvisco à noite.. as estrelas, dormir, esquecer … comunidade é isso. Acabamos vivendo isso de muitas formas. Então, uma comunidade precisa ser de pessoas que buscam pessoas e aqui eu sinto que por mais que haja dificuldade, há uma vontade bem grande em “ser comunidade” e vontade em ser comunidade é algo que me entusiasma muito.”

João Pedro Vargas, professor de classe